Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência reelege sua diretoria

O presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, Diney Ribeiro Campos, e a vice Giani Ribeiro de Morais foram reeleitos e estarão no comando do colegiado até o ano de 2026.

O presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, Diney Ribeiro Campos, e a vice Giani Ribeiro de Morais foram reeleitos e estarão no comando do colegiado até o ano de 2026.  A finalidade do conselho é  acompanhar e avaliar o desenvolvimento das políticas setoriais de educação, saúde, trabalho, assistência social, transporte, lazer e política de mobilidade urbana dirigidas esse grupo social. A secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira, destacou a importância do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência no sistema democrático, assegurando a igualdades de direito.


Conforme a gestora, o município tem avançado em políticas públicas voltadas a este público, porém reconhece que muito ainda tem de ser feito.  “Devemos unir esforços para promover mais avanços e responsabilidades compartilhadas entre todos os poderes e pela sociedade civil”, asseverou.


Ana Cristina assegurou ainda que a gestão do Kalil Baracat tem ampliado a participação de representantes de setores da sociedade organizada para agilizar soluções e políticas públicas.


O presidente da Associação Várzea-grandense da Pessoa com Deficiência, Diney Ribeiro Campos, disse que vai dar continuidade ao trabalho que já vem sendo feito desde 2019, quando assumiu o Conselho, sendo reeleito para o novo período que será concluído em 2026.


O presidente disse ainda que o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência atuará em conjunto com os demais conselhos, e ampliando parceria com as secretarias municipais. “O nosso compromisso é atender de forma satisfatória as demandas e as necessidades das pessoas com deficiência, e fiscalizar para que seus direitos sejam assegurados”. A vice-presidente Giane Ribeiro de Morais disse que uma das expectativas do Conselho é a criação de uma coordenadoria da Pessoa com Deficiência. “Essa pasta iria dar mais celeridade às demandas da saúde, educação, mobilidade urbana entre outras, diminuindo o trânsito do usuário, que muitas vezes busca por respostas em várias unidades. São muitos os desafios, mas estamos dispostos a facilitar e melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência e que são residentes em Várzea Grande”, completou.


Fonte: http://www.varzeagrande.mt.gov.br